Aprenda algo novo todos os Dias

Como as emoções afetam sua saúde?

0 6

Todo mundo experimenta uma grande variedade de emoções todos os dias. Independentemente da emoção que você está experimentando, suas emoções dependerão de como sua mente e seu corpo interpretam uma situação específica. A American Psychological Association (APA) define emoções como reações mentais subjetivas que também envolvem respostas comportamentais e físicas. Resumindo, suas emoções podem afetar sua mente, ações e corpo.Como as emoções são uma parte tão importante da sua vida cotidiana, é vital saber o que são, por que você as sente, como elas afetam você e o que você pode fazer para controlá-las. Aprender a reconhecer e lidar com suas emoções pode ajudar a prevenir consequências físicas e mentais negativas, bem como melhorar seus relacionamentos e sua vida cotidiana.

Tipos de emoções

As emoções podem ser divididas em duas categorias – emoções básicas e emoções complexas. As emoções básicas estão associadas a expressões faciais reconhecíveis e tendem a acontecer automaticamente. As seis emoções básicas são:2

  • Alegria
  • Tristeza
  • Nojo
  • Temer
  • Surpresa
  • Raiva

Normalmente, essas emoções são fundamentais para o comportamento humano e estão frequentemente presentes desde o nascimento.3

Enquanto isso, emoções complexas não possuem características faciais universais ou reconhecíveis. Alguns exemplos de emoções complexas incluem:

  • Pesar
  • Inveja
  • Arrependimento
  • Amor
  • Embaraço
  • Ciúmes
  • Gratidão
  • Culpa
  • Orgulho
  • Preocupar

Tenha em mente: há uma infinidade de emoções complexas que não estão listadas acima. De acordo com a APA, as emoções complexas são normalmente uma combinação de duas ou mais emoções. Por exemplo, o ódio pode ser potencialmente uma combinação de ciúme, raiva e repulsa.4As emoções complexas também são muito diferentes na forma como aparecem no rosto de uma pessoa e podem não ter expressões imediatamente reconhecíveis.2

Como funcionam as emoções?

Quando a maioria das pessoas pensa sobre emoções, elas presumem que as emoções estão todas em suas cabeças. No entanto, os cientistas descobriram que, embora as emoções se originem no sistema límbico do cérebro, o seu propósito é ativar o seu corpo. Alguns especulam que essa ativação ocorre através do nervo vago – o nervo que conecta o cérebro ao corpo.56

Cada emoção que você sente é projetada para provocar uma certa reação em seu corpo por meio de sensações e impulsos programados. Muitas pessoas acreditam que essas respostas programadas existem para garantir sua sobrevivência. Por exemplo, sentir raiva pode desencadear uma resposta de luta , enquanto sentir medo pode fazer com que você fuja (ou tenha uma resposta de “fuga”).5

Mas esses impulsos também podem fazer com que você faça ou diga coisas que gostaria de não ter feito – especialmente se você não conseguir reconhecer por que está se sentindo assim. Mesmo quando você está ciente de suas emoções ou de como está se sentindo, suas emoções ainda podem exercer uma força em seu corpo para um comportamento específico. Mas você pode encontrar maneiras de não agir de acordo com todos os impulsos e optar por responder de uma maneira diferente.5

Veja Também...  Conheça 10 sinais que revelam se uma garota está a fim e você

Como as emoções afetam sua saúde mental

Ao considerar como suas emoções afetam sua saúde mental, é importante primeiro observar que nenhuma emoção é verdadeiramente “ruim” ou negativa. Em vez disso, as emoções negativas são um sinal de que algo está errado e precisa ser resolvido.7

Dito isto, se você tiver dificuldade em controlar essas emoções negativas ou tentar ignorá-las ou reprimi-las quando elas surgirem, isso poderá afetar negativamente sua saúde mental. Na verdade, quando as emoções negativas persistem por um longo período de tempo – como tristeza crônica, raiva ou medo – isso pode levar à depressão , ansiedade e até mesmo ao uso de substâncias .89

Por outro lado, se você for capaz de reconhecer as emoções negativas pelo que elas são, administrar esses sentimentos e superá-los, isso se chama resiliência. As pessoas que são resilientes muitas vezes têm mais emoções positivas do que emoções negativas e aprenderam como encontrar propósito e significado na vida – mesmo quando a vida é difícil. Isso não significa que não experimentem sentimentos negativos; eles fazem. Em vez disso, reconhecem esses sentimentos, lidam com os problemas que os causam e tentam reformular o seu pensamento.10

E, embora seja verdade que o otimismo e a esperança têm sido associados à saúde e ao sucesso pessoal, também pode ser prejudicial para a sua saúde mental se apenas se envolver em pensamentos positivos.11Na verdade, a positividade excessiva ou tóxica pode levar a expectativas irrealistas e à incapacidade de sentir emoções negativas.

Ao considerar suas emoções, busque um equilíbrio entre emoções negativas e positivas. Lembre-se de que as emoções negativas têm um propósito em sua vida e podem até incentivá-lo a fazer mudanças saudáveis ​​e muito necessárias.12

Como as emoções afetam sua saúde física

Os pesquisadores descobriram uma ligação entre emoções positivas e saúde física. As pessoas que têm uma visão positiva da vida tendem a ter uma saúde geral melhor, incluindo pressão arterial e níveis de açúcar no sangue mais baixos e um risco reduzido de doenças cardíacas . Mas os investigadores não sabem se estas emoções positivas levam a uma saúde melhor ou se ter uma boa saúde leva a emoções positivas. Os especialistas teorizam que pode ser uma combinação de ambos os fatores.10

Há também algumas evidências de que experimentar emoções positivas pode afetar a sua recuperação quando você está doente ou ferido. Num estudo, os investigadores observaram que ter uma perspectiva positiva pode influenciar a rapidez com que se melhora e pode até influenciar as taxas de sobrevivência.13

Veja Também...  10 questões mais intensas da busca espiritual humana

Enquanto isso, as emoções negativas têm sido associadas a efeitos negativos à saúde a longo prazo. As pessoas que têm dificuldade em gerir as suas emoções de forma eficaz ou que vivem com stress podem ter maior probabilidade de sofrer de problemas de saúde crónicos e aumentar o risco de morte precoce.14

Aprendendo a gerenciar e expressar suas emoções

Dada a importância das suas emoções e como elas podem afetar a sua saúde física e mental, é cada vez mais importante gerir e expressar as suas emoções de uma forma saudável e produtiva. Se você está procurando maneiras de gerenciar melhor suas emoções, aqui estão algumas dicas baseadas em pesquisas sobre o que você pode fazer:

  • Reconheça como você está se sentindo: um dos primeiros passos para expressar suas emoções com eficácia é reconhecer como você se sente. Fazer isso não apenas permite que você perceba suas emoções, mas também resolva quaisquer problemas que possam estar fazendo com que você sinta essas emoções.
  • Reformule seu pensamento: mudar a maneira como você pensa sobre algo pode ajudá-lo a vivenciar emoções diferentes. Por exemplo, quando uma situação deixa você triste, você pode procurar o lado positivo da situação e focar nisso. Você ainda pode estar triste, mas não será tão desgastante e poderá ser mais fácil de administrar.
  • Defina um cronômetro: Lidar com emoções negativas como tristeza, pesar ou mesmo raiva não significa negar ou reprimir seus sentimentos, mas sim não permitir que eles tomem conta de sua vida. Se você descobrir que está consumido por uma emoção específica, permita-se senti-la ao máximo, mas estabeleça um limite de tempo para isso. Defina um cronômetro para 30 minutos (ou um horário de sua escolha) para expressar suas emoções de uma forma que não prejudique a si mesmo ou aos outros. Quando o tempo acabar, redirecione seus pensamentos e passe para outra coisa. Considere dar um passeio , ler um livro ou preparar uma refeição saborosa para mudar seu pensamento para uma atividade diferente. A chave é sentir e expressar suas emoções, mas também não permitir que elas o consumam.
  • Passe algum tempo na natureza : Numerosos estudos descobriram que passar algum tempo ao ar livre, especialmente em um parque ou outro espaço verde, melhora o humor. Até mesmo reservar um tempo para observar as árvores quando você está em uma cidade movimentada pode ajudar a acalmar sua mente ou mudar seu foco para que o que o preocupa não ocupe mais o centro das atenções.
  • Faça do sono uma prioridade: dormir o suficiente é tão importante para a sua saúde emocional quanto para a sua saúde física. Não descansar o suficiente pode afetar negativamente o seu humor e o seu funcionamento diário. Pode ser difícil adormecer quando você está sob estresse ou sentindo emoções fortes. Tentar dicas como tomar um banho quente , ler um livro ou manter o quarto frio pode ajudar a induzir o sono rapidamente.
  • Experimente a meditação consciente: a meditação é uma forma cientificamente aprovada de reduzir o estresse e acalmar a mente. Se você tem uma série de coisas que o incomodam ou se de repente você é dominado pela emoção, encontre um lugar tranquilo, respire fundo algumas vezes e concentre-se no momento presente. Fazer isso pode aliviar emoções negativas e ajudá-lo a lidar com os desafios que enfrenta.
  • Use técnicas de relaxamento: exercícios respiratórios e outras técnicas de relaxamento (como alongamento ou ioga) podem ajudar a acalmar emoções negativas. Especificamente, respirar lentamente pode ajudar a mudar a resposta física do seu corpo às emoções negativas. Para algumas pessoas, a respiração profunda torna-se a atividade ideal para eliminar o estresse, principalmente quando se lida com raiva ou medo.
  • Pratique atividade física: O exercício há muito tempo alivia o estresse das pessoas. Quer você saia para correr para clarear a cabeça ou faça uma aula de boxe para expressar um pouco de sua raiva, ser fisicamente ativo pode ajudá-lo a lidar com as emoções negativas e gerenciá-las de maneira mais eficaz. O mais importante é encontrar exercícios que você goste.
Veja Também...  Os 5 sentidos e como eles funcionam

O que é inteligência emocional?

Inteligência emocional é a capacidade de reconhecer não apenas as próprias emoções, mas também as emoções dos outros.17Pessoas emocionalmente inteligentes são autoconscientes e capazes de controlar suas emoções e impulsos. Eles também tendem a ser empáticos e podem ler a sala. Em outras palavras, eles captam sinais emocionais e reconhecem a dinâmica emocional das pessoas ao seu redor. Isso permite que eles se comuniquem com clareza, gerenciem conflitos de maneira eficaz e trabalhem bem com outras pessoas.17

Se você deseja melhorar sua inteligência emocional, o primeiro passo é compreender suas próprias emoções. Preste atenção em como você está se sentindo e por quê. Depois de compreender suas próprias respostas emocionais, você estará mais bem equipado para compreender as emoções dos outros.18Compreender a si mesmo e aos outros ajuda você a melhorar suas habilidades sociais, construir relacionamentos fortes e melhorar a tomada de decisões.

Uma revisão rápida

Suas emoções são como sua mente e seu corpo respondem às situações de sua vida. Existem seis tipos básicos de emoções (alegria, tristeza, raiva, nojo, surpresa e medo), juntamente com vários tipos de emoções complexas. Ao contrário da crença popular, não existem emoções “ruins”. Na verdade, é normal sentir uma variedade de emoções negativas e positivas ao longo da vida.

Embora seja importante sentir suas emoções, também é vital reconhecer por que você está se sentindo assim e expressá-las de maneira eficaz. Suas emoções podem afetar significativamente seu bem-estar físico e mental. Aprender como controlar suas emoções pode ajudar a melhorar seu humor, diminuir o estresse e reduzir o risco de comportamentos prejudiciais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.