Ciência

Reações de Combustão na Química

Escrito por Gilvan Alves

Uma reação de combustão é uma classe importante de reações químicas, comumente chamadas de “queimação”. A combustão geralmente ocorre quando um hidrocarboneto reage com o oxigênio para produzir dióxido de carbono e água. No sentido mais geral, a combustão envolve uma reação entre qualquer material combustível e um oxidante para formar um produto oxidado. A combustão é uma reação exotérmica , por isso libera calor, mas às vezes a reação prossegue tão lentamente que uma mudança de temperatura não é perceptível. Bons sinais de que você está lidando com uma reação de combustão incluem a presença de oxigênio como reagente e dióxido de carbono, água e calor como produtos. Reações de combustão inorgânicas podem não formar todos os produtos, mas são reconhecíveis pela reação do oxigênio.

A combustão nem sempre resulta em fogo, mas quando isso acontece, uma chama é um indicador característico da reação. Enquanto a energia de ativação deve ser superada para iniciar a combustão (isto é, usando uma partida acesa para acender um fogo), o calor de uma chama pode fornecer energia suficiente para tornar a reação autossustentável.

Forma Geral de uma Reação de Combustão

hidrocarboneto + oxigênio → dióxido de carbono + água

Exemplos de Reações de Combustão

Aqui estão vários exemplos de equações balanceadas para reações de combustão. É importante lembrar que as reações de combustão são fáceis de reconhecer porque os produtos sempre contêm dióxido de carbono e água. Nestes exemplos, o oxigénio gasoso está presente como reagente, mas existem exemplos mais complicados da reação onde o oxigênio provém de outro reagente.

  • combustão de metano 
    CH 4 (g) + 2 O 2 (g) → CO 2 (g) + 2 H 2 O (g)
  • queima de naftaleno 
    10 H 8 + 12 O 2 → 10 CO 2 + 4 H 2 O
  • combustão de etano 
    2 C 2 H 6 + 7 O 2 → 4 CO 2 + 6 H 2 O
  • combustão de butano (comumente encontrada em isqueiros) 
    2C 4 H 10 (g) + 13O 2 (g) → 8CO 2 (g) + 10H 2 O (g)
  • combustão de metanol (também conhecido como álcool de madeira) 
    2CH 3 OH (g) + 3O 2 (g) → 2CO 2 (g) + 4H 2 O (g)
  • combustão de propano (usado em grelhadores a gás e lareiras) 
    2C 3 H 8 (g) + 7O 2 (g) → 6CO 2 (g) + 8H 2 O (g)

Combustão Completa versus Incompleta

A combustão, como todas as reações químicas, nem sempre prossegue com eficiência de 100%. É propenso a limitar os reagentes da mesma forma que outros processos. Portanto, existem dois tipos de combustão que você provavelmente encontrará:

  • Combustão Completa – Também chamada de “combustão limpa”, a combustão limpa é a oxidação de um hidrocarboneto que produz apenas dióxido de carbono e água. Um exemplo de combustão limpa é a queima de cera de vela, onde o calor do pavio vaporiza a cera (um hidrocarboneto), que reage com o oxigênio no ar para liberar dióxido de carbono e água. Idealmente, toda a cera queima, então nada permanece quando a vela é consumida. O vapor de água e o dióxido de carbono se dissipam no ar.
  • Combustão Incompleta – Também chamada de “combustão suja”, a combustão incompleta é a oxidação de hidrocarbonetos que produz monóxido de carbono e / ou carbono (fuligem) além do dióxido de carbono. Um exemplo de combustão incompleta seria a queima de carvão, onde muita fuligem e monóxido de carbono são liberados. Muitos dos combustíveis fósseis queimam de forma incompleta, liberando produtos residuais.

Sobre o autor

Gilvan Alves

25 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Deixe um comentário